Feira de Carreiras Colégio MARIA

25
mai
Feira de Carreiras Colégio MARIA

O Futuro na palma das mãos

Neste dia 23 de Maio, estive no Colégio MARIA de Jaboticabal como palestrante convidado, na Feira de Carreiras do colégio. Neste ano, os alunos haviam pedido para conhecer a profissão de Psiquiatra, além da já tradicional Medicina.

Preparei uma apresentação de cerca de 40 minutos, explicando como é o Curso de Medicina, quais as opções de trabalho depois de formado, como é a Residência Médica atualmente – e as perspectivas para o futuro – e como está o mercado de trabalho para os médicos hoje em dia. Ainda nesta apresentação, conversamos sobre a Psiquiatria, o que faz um Psiquiatra, qual a diferença entre Psiquiatria e Psicologia e quais as possibilidades de especialização dentro da Psiquiatria.

Os alunos demonstraram grande interesse nessas carreiras e me fizeram diversas perguntas interessantes. Além de falar sobre a profissão de médico, tive a oportunidade de compartilhar com eles algumas passagens da minha vida, e dar orientações que considero importantes nessa fase de escolha de profissão:

1. Não tenha pressa. Não se preocupe em entrar na faculdade logo depois de terminar o colegial. Caso não tenha certeza de qual carreira seguir, dê a sim mesmo um pouco mais de tempo para pensar a respeito. Um tempo a mais de cursinho, ou até mesmo uma temporada em outro país, pode acrescentar uma bagagem de vida muito interessante e ajudar a amadurecer um pouco mais.

2. Procure aquilo que VOCÊ gosta. Pense em carreiras que te possibilitem viver uma vida compatível com aquilo que você imagina e acredita. Lembre-se: você viverá a sua vida, e não os outros. Tente se imaginar daqui há 10, ou 15 anos. O que você quer estar fazendo? Onde e com quem quer estar?

3. Pesquise bastante. Procure conhecer o maior número possível de profissões e conversar com quem trabalha na área. Além de gostar de estudar sobre determinado assunto, é importante que você perceba se determinada carreira se encaixa no seu perfil, no seu jeito de ser. Além disso, se os locais onde você gostaria de morar são adequados para essa profissão e se a remuneração é compatível com a seu projeto de vida. Depois de escolher qual curso prestar, pesquise bastante sobre as universidades. Sugiro que só preste vestibular naqueles locais para os quais realmente vá caso seja aprovado.

4. Curso superior não é única alternativa. Fala-se muito sobre ir para a faculdade, mas nem sempre esse é o melhor caminho para todos. Muitas pessoas podem conseguir uma carreira gratificante sem ter que passar pela universidade. Ter um diploma é muito enriquecedor do ponto de vista cultural e intelectual, mas também não é garantia de nada. Pense em fazer aquilo que te faça bem.

5. Não desista, a vida não foi feita para ser fácil. Paira no ar uma sensação de que todos nós somos merecedores de tudo. Não é bem assim…. Repare na natureza em volta de nós, a sobrevivência é algo bastante difícil. Procure entender melhor seus próprios sentimentos, principalmente diante de situações frustrantes, quando as coisas não acontecerem do jeito que gostaria. Raiva, medo, tristeza, insegurança: são todos sentimentos normais, que fazem parte de nossas vidas. Precisamos aprender a lidar com eles e usa-los a nosso favor. Não desista na primeira vez que falhar, nem na segunda, e assim por diante. Procure entender porque falhou, o que precisa fazer diferente para dar certo. Peça ajuda se precisar. Não há nada mais importante do que seus sonhos, lute por eles.